- Osho - Centro Metamorfose

Osho

Nunca nasceu, nunca morreu. Apenas visitou este planeta entre 11 de Dezembro de 1931 e 19 de Janeiro de 1990.

"Meu caminho foi descrito como o do coração, ma isso não está correto. O coração lhe dará todos os tipos de imaginações, alucinações, ilusões, doces sonhos, mas ele não pode lhe dar a verdade. A verdade está por trás de ambos. Ela está em sua consciência, a qual não é a cabeça nem o coração.

Não sou psicanalista, não estou aqui para tratar as suas mentes e curá-las. Estou aqui para trazê-los para fora de suas mentes, não importa se saudáveis, não saudáveis, neuróticas, não neuróticas. Não presto nenhuma atenção à sua mente, que tipo de mente você tem. Qualquer tipo de mente... Você precisa ser levado para fora dela! Assim, não entro em detalhes, simplesmente começo a martelar.

Não estou de modo algum interessado em converter alguém em minha ideologia...Não tenho nenhuma. Em segundo lugar, acredito que o próprio esforço para converter alguém é uma violência, é interferir em sua individualidade, em sua singularidade, em sua liberdade. Não sou indiano, americano ou chinês, não acredito em países e não acredito em quaisquer divisões políticas. Devido às divisões políticas, a humanidade sofreu o bastante. Chega dessa tolice.

Preciso contar piadas porque todos vocês são religiosos, vocês tendem a ficar sérios. Preciso lhes fazer cócegas, de tal modo que de vez em quando vocês se esqueçam de suas religiosidades, de todas as suas filosofias, teorias e sistemas, e caiam na terra. Preciso repetidamente trazê-los de volta à terra, senão vocês tendem a ficar sérios, mais e mais sérios. E a seriedade é um crescimento canceroso.

Uma coisa, você precisa caminhar e criar o caminho pelo seu caminhar. Você não encontrará uma trilha já feita, alcançar a suprema realização da verdade não é tão barato. Você precisará criar o caminho, o qual não está pronto, repousando lá e esperando por você. É como o céu: os pássaros voam, mas não deixam pegadas. Você não pode segui-los, não existem pegadas para trás.

Sou todo a favor da mente cética. Não acredite em nada, a menos que você experimente. Não acredite em nada...siga questionando, não importa quanto tempo leve.

Meditação é somente uma palavra para você. Ela não se tornou um degustar, ela não tem sido um alimento, uma experiência para você, daí eu poder entender sua dificuldade. Mas você também precisa entender a minha dificuldade: suas doenças podem ser muitas, mas tenho somente um remédio, e minha dificuldade é seguir vendendo o mesmo remédio para diferentes pacientes, para diferentes doenças. Não me importa qual seja a sua doença, pois sei que tenho somente um remédio."