Comunna Metamorfose.jpg

Nós estamos vivendo uma crise muito profunda de amor, tanto no contexto social quanto no plano individual.

Faltam respeito e consideração no jeito das pessoas tratarem-se umas às outras. Será que a saída desse mal está nas brigas que acontecem a cada instante? Temos a falsa ilusão de que o problema sempre é criado pelo outro e que ele é o responsável pela nossa desgraça, pela nossa miséria. Mas pensando assim, vamos nos sentir cada vez mais impotentes e aprofundar ainda mais o conflito.

Existe uma saída individual. Para amar de novo é preciso que você tenha muita consciência de si e esta consciência é que o coloca em contato com o seu "ser amoroso". Quanto mais você aprende a se encontrar com a fonte de amor dentro de si, abre caminho para que o amor também lhe aconteça.

Nossa vida contemporânea está muito elétrica, estamos sempre nos entupindo de informação, como se pudéssemos ser felizes por este caminho. Mas com tanta correria, falta-nos tempo para sentir, para amar. De que adianta estar junto de alguém se você não tem nada para lhe oferecer? O que você pode proporcionar ao seu parceiro(a), quando se sente irritado(a), frustrado(a) ou mal humorado(a)?

Comunna Metamorfose.jpg
Comunna Metamorfose.jpg

Mas, se der um tempo para fechar os olhos e, simplesmente, sentir a respiração entrar e sair do seu corpo, pelo menos 15 minutos por dia, isto acalmará a sua mente. Você criará um fôlego, passará a se sentir mais calmo(a) e bem melhor. Isso é meditação.

Dar uma chance para ser íntimo de si mesmo(a). Quem a pratica sabe do que estou falando. É um voto de amor para consigo mesmo(a). Você aprende a se dar esse presente e se abastece de vitalidade. E quando vai para o outro, pode oferecer a sua presença mais íntegra.

Ao meditar, a pessoa torna-se mais sensível para apreciar a vida que se manifesta dentro e fora de si. Dá mais importância a cada momento e se conscientiza disso. Ao estar com o outro, faz do encontro algo muito especial: uma celebração da vida.

Osho

Convidamos você a conhecer as práticas meditativas da Comunna Metamorfose. São meditações transformadoras, que trabalham com a totalidade do seu Ser em múltiplos aspectos - físico, mental, emocional e espiritual - proporcionando um alinhamento na sua unidade.

A meditação é a arte de se relacionar bem, consigo mesmo e com o outro. De que adianta usar uma prática de meditação e isolar-se da convivência social? Que tipo de benefício isso irá trazer para o mundo onde os seus filhos e os seus netos viverão? Pessoas que se isolam na meditação apenas transferem a responsabilidade de mudar o sistema onde vivemos para as próximas gerações.

As meditações da Comunna Metamorfose melhoram as relações no meio social, transformando a sociedade. Convidamos você a vir meditar conosco.

logo.png
Cópia de Sem nome (6).png